Granjas de suínos em todo o Brasil correm risco fechar devido as perdas na safra de verão 2021/22 e seus reflexos nos preços da soja e do milho. No Estado de SC a situação é ainda pior, pois concentra mais de 30% dos abates nacionais.
 
De acordo com o presidente da Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS), os produtores independentes, que não estão ligados a grandes indústrias ou cooperativas, têm aos poucos, colocado à venda matrizes e equipamentos após os prejuízos amargados em 2021 e diante da falta de perspectiva de recuperação este ano.
 
www.laafersuinos.com.br